quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

TURMAS TERCEIRO ANO 3001,3002,3003 E 3004















Quarto Bimestre


Atividade 1
1.Destaque os filósofos de cada época filosófica( antiga,média,moderna,pós-moderna)
2.Além dos filósofos o que você estudou sobre filosofia?
3.Quais foram as ciências que nasceram da filosofia?
FILOSOFIA MODERNA CAPÍTULO 13 E 14 PÁGINA 214 ATÉ 249.
4.Como se caracteriza a mentalidade moderna?
5.Como se divide as fases e os filósofos modernos?
6.Que regras propõe Descartes para o espírito na busca da verdade?Explique-as.
7. Em que discordavam os racionalistas e os empiristas na discussão sobre o processo de conhecimento? Sintetize-as
8. Caracterize a filosofia produzida durante o iluminismo. Exemplifique com aspectos do pensamento dos iluministas.
9.Explique as frases de Kant:
a) “ juízo sintético a posteriori não expressa um conhecimento necessário e universal e o juízo sintético a priori sim”.
b) “ o juízo analítico conduz a conhecimentos novos.”
10. “ Não podemos conhecer o ser em si, apenas o ser para nós.”Justifique essa afirmação.   
TERCEIRO E QUARTO BIMESTRE NO FACEBOOK DAS TURMAS.

SEGUNDO BIMESTRE.


Trabalho de Recuperação de Filosofia. Para ser entregue após a Copa.
Páginas para consulta do livro.
303,304,305 e 338,339,340 e 341.

O trabalho será feito em folha de papel almaço que possui 4 partes.A primeira será a capa as outra poderão ser escritas.Escreva sobre.
1) O que é ecologia?
2) Como poderemos usar a ética no meio ambiente( A carta da Terra)
3) Tales de Mileto. "Tudo está cheio de Deuses".o universo é dotado de animação, de matéria viva.Comente.
4) O Homem e o Planeta Terra.
Humanidade provém do latim húmus ( adubo)
Adão em hebraico significa terra fértil

Nós precisamos dos elementos da mãe Terra: ar,água,minerais como zinco,selênio,etc. para termos saúde.
Possuímos a mais só 300 genes do que os ratos.(Comente o texto 4)

5) André Trigueiro e Leonardo Boff.
6) Nosso Livre arbítrio
7) Conclusão( pessoal)


Atividade 5. Debate ético.( Entregar 26/5)
Em sala . 26/5
Trazer um recorte de jornal cada grupo de 6 pessoas.Total  8 grupos.
A notícia precisa ter fundo ético com duas visões distintas.
Três pessoas do grupo defenderão um lado e as outras três defenderão o outro.
Joaquim Barbosa X Lewandowski.
Entregar parte escrita para a professora com os participantes.
Use recursos lógicos e convincentes.    


Atividade 4. Liberdade e Filósofos.Entregar 19/5
Em sala. Pag 307/308  19/5. Só para os presentes


Atividade 3.  Ética.( Entregar até dia 26/5)Livro págs 291,292,293,294 e 296.

Copie e Responda.
1. O que é Ética e o que é moral?
2. Qual a diferença entre imoral e amoral?*
3.Em sua opinião quais são as grandes questões que a ética procura responder no mundo de hoje? Comente.
4. Procure as semelhanças e as diferenças entre normas morais e normas jurídicas, procurando dizer em que campo de estudo pertence cada uma.
5.Procure expressar o que você entendeu da relação  entre moral e liberdade: fale sobre consciência moral, juízo, escolha e liberdade.
6. Qual a diferença entre  liberdade e libertinagem?*   
7. Só faz sentido julgar moralmente a ação de uma pessoa se essa ação foi praticada em liberdade. Comente esta afirmação e dê exemplos.
8. Qual a diferença entre determinismo e livre arbítrio?*
9.Explique a virtude e  o vício no nosso dia a dia.Dê exemplos.
10.Na relação dialética entre indivíduo e sociedade, quando ocorrem transformações nas normas morais?
11.Com bases  nas distinções feitas neste capítulo, analise e compare as seguintes escolhas morais.
a) a ação correta e a incorreta.
b)a ação incorreta e a que expressa conflito ético.
c) o niilismo ético e o permissivismo ético.
12.Dê exemplos da corrupção nossa de cada dia. 


Atividade 2. Ética na história.RESPONDA. ( Entrega até dia 19/5)
1.Por que a ética do período clássico grego é considerada racionalista? Justifique com exemplos das concepções éticas dos filósofos deste período.

2. Aristóteles explicava a virtude como o meio-termo entre dois vícios.Com base nessa afirmação,explique a ética aristotélica.

3. Por que a ética do período medieval é chamada de cristã? Quais são os aspectos que a caracterizam como cristã e que a  diferenciam da ética grega?

4. Para Santo Agostinho, a virtude é o bom uso da liberdade de escolha, do livre-arbítrio. Com base nessa afirmação, explique a ética  agostiniana.

5.Por que a ética da Idade Moderna pode ser considerada uma ética antropocentrica? Vincule sua resposta a uma interpretação da seguinte frase de um filósofo desse período. Voltaire, em seu  TRATADO DE METAFÍSICA ( cap.9 ) .” Ser desprezado por aqueles  com quem se vive é coisa que ninguém pôde e jamais poderá suportar. Talvez  seja esse o maior freio que a natureza tenha posto nas injustiças dos homens.”  
6.Para Kant , a virtude  é a força das máximas do indivíduo na realização de seu dever. Com base nessa afirmação,explique a ética kantiana.


7. Desde o início do período contemporâneo, a reflexão ética radicalizou a recusa de uma fundamentação transcendental para a  moralidade. Seu ponto de partida passou a ser não o ser humano ideal,mas o indivíduo concreto e social, com suas necessidades, desejos, limitações e aberturas.Sintetize como se expressa essa tendência nas concepções éticas dos seguintes filósofos:

A)  HEGEL,  B) MARX  e  C) HABERMAS.


8. Segundo  na carta da Terra , estamos diante de um momento crítico. Que momento crítico  é esse? Você acredita que sua escolha pode  afetar o o futuro  do mundo?  Por quê é necessário  seguir os princípios  propostos pela Carta da Terra? Você  pode discutir com os colegas.


Eco arte. O despertar de uma consciência estética e ecológica. (Entrega até dia 12/5)
___________________________________________________________________________
Vicente José de Oliveira Muniz, mais conhecido como Vik Muniz (São Paulo, 20 de dezembro de 1961), filho de pernambucanos é um artista plástico brasileiro radicado nos Estados Unidos. Faz experimentos com novas mídias e materiais. foi aluno da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), onde frequentou aulas do curso de Publicidade e Propaganda. Suas obras são feitas de materiais inusitados, como lixo e restos de demolição.
Mais recentemente, tem criado obras em maior escala, tais como imagens esculpidas na terra (geoglifos) ou feitas de enormes pilhas de lixo.
Muniz fez uma exposição individual no University of South Florida Contemporary Art Museum, em Tampa, Flórida, atualmente denominada "Vik Muniz: Reflex". Esta exposição, organizada pelo Museu de Arte de Miami, esteve em exposição no Seattle Art Museum e no PS1 Contemporary Art Museum em Nova York. Até janeiro de 2008, a exposição esteve em exibição no Musée d'Art Compemporain em Montreal, Quebec (Canadá). Muniz também publicou um livro, "Reflex - A Vik Muniz Primer" (2005: Aperture Foundation, Nova York), que contém uma compilação do seu trabalho e seus comentários sobre ele.
Vik Muniz ao lado da então Ministra da Cultura do Brasil Ana de Hollanda na Rio+20.
Seu trabalho também foi destaque no "The Hours-Visual Art of Contemporary Latin America" (2007), mostra apresentada no Museu de Arte Contemporânea de Sydney, New South Wales, Austrália.
Em 2010, o documentário "Lixo Extraordinário" sobre o trabalho de Vik Muniz com catadores de materiais recicláveis no aterro de Jardim Gramacho (Duque de Caxias) foi premiado no Festival de Sundance. No Festival de Berlim em 2010, foi premiado em duas categorias, o da Anistia Internacional e o público na mostra Panorama.
Fonte: Wikipédia.



Ética
A palavra ética é de origem grega derivada de ethos, que diz respeito ao costume, aos hábitos dos homens. Teria sido traduzida em latim por mos ou mores (no plural), sendo essa a origem da palavra moral. Uma das possíveis definições de ética seria a de que é uma parte da filosofia (e também pertinente às ciências sociais) que lida com a compreensão das noções e dos princípios que sustentam as bases da moralidade social e da vida individual. Em outras palavras, trata-se de uma reflexão sobre o valor das ações sociais consideradas tanto no âmbito coletivo como no âmbito individual.
Valor
O conceito de valor tem sido investigado e conceituado em diferentes áreas do conhecimento. A abordagem filosófica descreve-o como nem totalmente subjetivo, nem totalmente objetivo, mas como algo determinado pela interação entre o sujeito e o objeto.

___________________________________________________________________________
Atividade 1.
Escreva uma redação com 25 linhas sobre o filme  falando de valor, ética, estética,  consciência ecológica e sociedade. Não aceito redações cópias,nem de colegas,nem da internet,etc.É preciso pesquisa, reflexão e opinião pessoal. 

TEMA.  O VALOR  DAS COISAS DENTRO DE UMA CULTURA DO DESPERDÍCIO.
OU  O TRABALHO ÉTICO DA ECO ARTE DE VIK MUNIZ.
 ENTREGAR NO PRAZO.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

PRIMEIRO BIMESTRE. 
VAMOS ESTUDAR ESTÉTICA. CAPÍTULO 20
ATIVIDADE 1. 
10/2/2014
 1. O que é estética?
2.Segundo alguns filósofos( Hegel e Kant) defina o Belo?
3.Qual o objetivo da investigação estética?
4.Segundo Platão: O que é belo é bom. A mídia nos mostra que os mocinhos e heróis são os mais belos. Discuta e explore o tema com a visão estética e ética.
5. A beleza é algo subjetivo ou objetivo? Por quê?
6.Discuta a questão de gosto de uma pessoa que defende a visão idealista e de outra que defende a visão empirista.
7.O que diferencia , fundamentalmente, o conhecimento que a estética pretende atingir do conhecimento lógico-matemático.
8.Qual a diferença da visão empirista para a idealista?
9.O que é arte?


ATIVIDADE 2.
17/2/2014 
 Análise e entendimento Pg 354. Perguntas 4,5,6,7,8,9,10.


ATIVIDADE 3.
24/2/2014


Vídeo 1. A arte serve para quê?

1. O que a arte faz em nós? Justifique sua resposta.

2.Para que serve a arte?

3. Com que elementos o artista trabalha a sua obra de arte?

4.De onde vem a criatividade?

5.Quais são as bases para a criação artística?

6. O artista é 10% criação e 90% transpiração. Justifique.                     

7. O que é feio é bom? Justifique.

8.Sócrates dizia. “ O que é belo é útil.”Por quê?



Vídeo 2. Arte contemporânea.



9. Historicamente como se divide a arte no ocidente?

10. Sobre a arte contemporânea descreva: período, formas de arte e principais artistas no vídeo.



Vídeo 3. Beleza e Higiene.



11. Neste vídeo iremos ver a evolução dos hábitos de higiene ligados ao conceito de beleza.Descreva exemplos de cada época.



Vídeo 4. Beleza/Indústria cultural/ cultura de massa.



12. Qual a relação do belo com a estética e a cultura de massa?

13.Você concorda com um padrão de beleza no contexto de uma doutrinação de massa? Há ou não?Por quê? Dê exemplos .

                                                                     VÍDEO 4
video
                                                                     VÍDEO 1

VÍDEO 3


o VÍDEO 2.DOS MEUS ALUNOS SOBRE ARTE CONTEMPORÂNEA NÃO FOI POSSÍVEL COLOCAR NO BLOG   
coloquei no face no grupo da turma 3004
ATIVIDADE 4

17, 24,31/3/2014 


Cada grupo irá falar sobre uma  forma de arte.Da seguinte maneira.

1.Definição

2. Visão histórica. Antiga,medieval,moderna e contemporânea.

3. visão de um filósofo.

4.visão atual desta arte no Brasil.

5.Conclusão



17/3

A. Dança                                Filósofos para pesquisar- Jean Piaget falando das crianças

B.Música.                                                                            Friedrich Nietzsche falando de Wagner

C.Construções,Arquitetura                                              Oscar Niemeyer           

D. Pintura                                                                            Lima Freitas e Giorgio Morandi



24/3



E. Escrita,Literatura.                                                         Albert Camus

F.Escultura                                                                          Sócrates  

G.TV, Mídia                                                                        Escola de Frankfurt( Adorno)



31/3

H.Fotografia                                                                      Marx Horkheimer

I.Teatro.                                                                             Jean Paul Sartre  

J. Cinema.                                                                         Merleau Ponty